Anedotas de Alentejanos

As melhores anedotas de alentejanos. Normalmente, este tipo de anedotas caracteriza-se por fazer passar por parvos os alentejanos, mas o povo alentejano acaba por levar sempre a melhor.

A coisa mais rápida do Mundo

Estavam três alentejanos na conversa, diz um deles:
- O pensamento é a coisa mais rápida do mundo, basta uma pessoa pensar e já está.

Alentejano asseado

Um lisboeta de férias no Alentejo, sentindo o calor intenso que se faz sentir nesta época, repara que o alentejano continua com a mesma roupa do dia anterior… Aproveita e diz:

Quanto tempo falta?

Dois lisboetas iam pelo Alentejo, quando encontram um Alentejano sentado à sombra de uma Azinheira. Resolvem parar para chateá-lo um pouco e perguntam:
- Compadre, quanto tempo falta para chegar onde queremos ir?

Manel engravidou a minha filha

Um abastado lavrador da Amareleja meteu-se no seu jeep e foi a um monte vizinho. Bateu à porta. Um puto de cerca de 9 anos vem abrir. Pergunta logo o homem:
- O teu pai está em casa?

Alentejano vai à praia

Um alentejano vai passar férias ao Algarve e decide ir à praia. Quando lá chega, estende a toalha, deita-se e repara que ao seu lado se encontra um preto.

C’est la vie

Vai um casal francês de visita ao Alentejo. Ao descer do autocarro a mulher tropeça, cai e o vestido sobe-lhe até à cintura. Atrapalhada e já resignada olha para o marido e comenta:
- C’est la vie!

Mão inchada

Estavam dois alentejanos sentados e diz um para o outro:
- Ei compadre, tem a mão inchada!

O alentejano e mulheres nuas

Um velho alentejano tinha um bonito lago na sua enorme propriedade. Depois de algum tempo sem ir ao local, decidiu naquele dia dar uma olhada geral para ver se estava tudo em ordem.

Supositório de pimenta

Um alentejano montado num burro por uma estrada fora. A determinada altura o burro parou. Chateado com a situação, resmunga o alentejano:
- Este burro parou e ê que vou ter de levar a carga toda!

Cachorro quente para os alentejanos

Em Lisboa, dois alentejanos entraram num café sem saberem muito bem o que pedir para comer. Diz um dos alentejanos:
- Que é que se petisca por aqui, compadre?