Anedotas sobre a Crise

Em tempos de crise, por vezes o melhor remédio é mesmo rir. Aqui pode encontrar as melhores anedotas sobre a crise e as artimanhas que os portugueses têm que fazer para sobreviver no dia-a-dia.

Viver do ar

O pai a tentar incutir mais responsabilidades ao filho, diz:
- Meu filho, lembra-te que não podes viver do ar!

Queres pagar a divida?

Um tipo bate à porta de um amigo que lhe devia dinheiro. Diz ele ao amigo:
- Venho ver se me queres pagar aquela dívida…

Empresta-me dinheiro

Dois amigos cruzam-se num passeio e o mais apressado diz para o outro:
- Olha, pá, empresta-me aí cem euros.

Carro novo

Um tipo para o amigo:
- Parabéns! Finalmente, compraste um automóvel!

Ocupação sedentária

Pergunta o médico do Centro de Saúde:
- O senhor tem alguma ocupação sedentária?

Luz ao fundo do túnel

Diz o marido:
- Já não vejo nenhuma luzinha para me ajudar a pagar todas estas contas!

Dinheiro provoca perda de memória

Dois amigos cruzam-se num passeio e diz um:
- Emprestas-me cem euros?

Por amizade, esqueço metade da dívida

Um tipo encontra um amigo que lhe devia uma certa importância em dinheiro e diz-lhe:
- Mais vale perder algum dinheiro, que perder um amigo.

Aquele ali deve-me dinheiro

Dois amigos passeavam e, a certa altura, diz um:
- Olha, aquele tipo que ali vai no outro passeio deve-me cinquenta euros.

Já não se ouve falar do aumento de impostos

À chegada do marido a casa, ao fim do dia, diz-lhe a mulher:
- Olha, hoje, ainda não ouvi, na televisão, falar de mais aumentos de impostos.